quinta-feira, julho 31, 2014

Nota de falecimento: Dick Wagner (Alice Cooper, Kiss, Lou Reed, Aerosmith): 1972-214

Dick Wagner na tour do disco "Welcome to My Nightmare", cujo show dirigido por David Winters virou VHS e DVD.
Tendo gravado mais de 200 discos, dos quais 35 chegaram a Platina e Ouro, Richard Allen Wagner, estadunidense conhecido no mundo da música pelo nome artístico de Dick Wagner faleceu quarta-feira, dia 30 de julho de 2014. Nascido na cidade de Oelwein, Iowa, o rocker se mudou para Saginaw, Michigan, onde sua guitarra começou a fazer barulho em meados da década de 1960. Em Detroit, capital do estado adotivo, Wagner formou a banda BOSSMEN, que após a rápida dissolução se juntou ao FROST, registrando três LP's com o grupo.

A grande escalada em sua carreira veio ao se mudar para a grande Nova York. Lá, o guitarrista integrou o grupo URSA MAJOR, que continha na formação original BILLY JOEL nos teclados. No novo conjunto começou o trabalho conjunto com o produtor BOB EZRIN. Foi a convite deste que Wagner gravou partes faltantes de guitarra no disco "School's Out" (1972) do ALICE COOPER GROUP. Dick Wagner repetiu a participação como guitarrista convidado de estúdio nos disco "Get Your Wings" (1974), do AEROSMITH, e "Destroyer", do KISS (1976). Em 1974, o guitarrista integrou a banda de LOU REED, registrando o álbum "Rock and Roll Animal".

Dick Wagner na banda de LOU REED, em 1974.
Após a dissolução do ALICE COOPER GROUP, a Tia lembrou do talentoso guitarrista, que veio ao auxílio do guitarrista para o disco "Welcome to My Nightmare", de 1975. Começaria ai a parceria que duraria (quase) toda a primeira década de carreira solo de ALICE COOPER. Tal época incluiu discos recheados de sucessos, o já citado de 1975, seguido por "Alice Goes to Hell" (1976), "Alice Cooper Show" (ao vivo, 1977)", "Lace and Whiskey" (1977) e "From the Inside" (1978). Em alguns desses registros, Dick Wagner tocou com a guitarra irmã de Steve Hunter, proporcionando pauleira dobrada aos fãs. Chegava a década de 1980 e a Tia Alice queria experimentar outras sonoridades. Ainda que os álbuns "Flush the Fashion", "Special Forces", "Zipper Catches Skin" e "Dada", respectivamente de 1980, 1981, 1982 e 1983, tenham seus bons momentos, muitos fãs rejeitaram as novidades. Assim acaba a parceira, com a reformulação da banda solo de ALICE COOPER e a entrada do guitarrista Kane "Rambo" Roberts. ALICE COOPER e Dick Wagner só viriam a trabalhar juntos novamente em 2011 em "Welcome 2 My Nightmare", disco da Tia que foi produzido por Bob Erzin e trouxe de volta muitos músicos que anteriormente passaram pela vida (ou pesadelo?) de ALICE COOPER.

Autobiografia de Dick Wagner, com prefácio escrito por ALICE COOPER.
O que fez Dick Wagner nesse meio tempo e de lá para cá? Emprestou seus talentos de guitarrista, compositor e produtor à músicos como  Rod Stewart, Daryll Hall & John Oates, Mark Farner, Tina Turner, Meatloaf, Air Supply, Roy Orbison, Jerry Lee Lewis, Peter Gabriel, Ringo Star, Etta James e outros!  Em 2007, Dick Wagner sofreu um ataque cardíaco grave, levando cinco anos para voltar aos palcos. Nesse meio tempo, ele escreveu sua biografia, que inclui dois cd's e foi campeã de vendas no Amazon. As duas última semanas na vida do rocker foram na cidade Scottsdale, no Arizona, no hospital Scottsdale Healthcare Shea Medical Center.

Uma insuficiência respiratória levou a vida do músico, que completaria 72 anos no dia 14 de dezembro de 2014.


Nenhum comentário:

Postar um comentário