domingo, março 09, 2014

Mad Max: a influências dos filmes no Hard Rock e Metal.

Quando o australiano, que então era funcionário de um hospital, George Miller resolveu fazer seu primeiro filme ele não poderia imaginar que este se tornaria o longa de maior retorno financeiro da história do cinema. O ano era 1978 e o filme chamava-se "Mad Max". O sucesso proporcionou a Miller desenvolver uma carreia vitoriosa com seu estilo impar de direção;  que incluem blockbusters como "O óleo de Lorenzo", "Happy Feet", "Baby - O porquinho atrapalhado" etc. Tampouco, Miller imaginaria que os filmes "Mad Max", que formaram uma trilogia, seriam abraçados pelo nascente Heavy Metal.

Ainda que o filme "Mad Max 2 - A Caçada Continua...", 1981, "The Road Warrior", no original, seja o preferido entre os Headbangers, o já citado primeiro filme e fechamento da saga, com "Além da Cúpula do Trovão", 1985, também têm inspirações no rock pesado e amplas relações com o universo pós-guerra nuclear imaginado pelo australiano.



A nossa lista é dividida nos três filmes e nesses as bandas estão organizadas por ano do lançamento do disco. Lembramos que a lista não é exaustiva, então, não deixe de contribuir se você souber de alguém que deixamos de fora.

Abasteça seu V8 envenenado com combustível roubado, carregue sua arma e se aventura por esse deserto radioativo lotado de bárbaros atômicos!

MAD MAX, 1978.

01 . MAD MAX, a banda (1982).

O grupo alemão oriundo da pequena cidade de Münster parece ter sido a primeira banda de Heavy Metal / Hard Rock a fazer referência aos filmes de Miller, tomando "emprestado" o título do primeiro como nome. Não obstante a carreira com muitas idas e vindas e diversos discos lançados desde a década de 1980, foi somente em 2010 que a banda fez uma outra referência explicita ao primeiro filme, se valendo de uma imagem que "lembra" os distintivos de bronze utilizados pelos policiais da Main Force Patrol como capa do disco "Another Night Of Passion".



Com o sucesso deste disco, o MAD MAX resolveu repetir a estratégia no cd seguinte, que saiu em 2013. Além de chamar "Interceptor", nome dados aos carros patrulha dos policiais, o álbum tem como capa uma imagem que lembra o cenário pós-apocalíptico do primeiro filme. Confira abaixo:



O grupo MAD MAX ainda não compôs música inspirado nos filmes.

02 . TAKASHI (1983) - "Mad Max".



A banda nova-iorquina que só registrou um EP com quatro músicas, "Kamizake Killers", e teve algumas participações em coletâneas, talvez tenha sido o primeiro grupo a registrar uma música sobre os filmes. A faixa homônima à película, o maior destaque do álbum, conta o enredo do primeiro filme. Em 2011 o grupo voltou à ativa, porém ainda não soltou registros.

03 . PRETTY MAIDS (1987) - "Future World".



A todos que já assistiram ao primeiro Mad Max é óbvio que a premiada banda dinamarquesa de Heavy Metal com teclados fez o vídeo da faixa-título de seu segundo, e mais aclamado pelos fãs, disco com cenas que fazem referência explícita ao filme. De fato, esse clipe pode ser visto como um interlúdio entre o primeiro e o segundo filme.

04 . SCORCHED EARTH POLICY (199X) - "Toecutter".



Banda australiana de Death Metal de meados dos anos noventa. Encontrei essa gravação por acaso, porém não foi possível rastrear mais informações sobre o grupo. A música "Toecutter" fala do vilão do primeiro filme, responsável pela morte da esposa e do filho de Max. O começo da música traz como introdução o dialogo sobre o personagem Night Rider, extraído do primeiro filme. Não confundir com a banda estadunidense de mesmo nome.

05 . CHILDREN OF TECHNOLOGY (2008) - "No Fuel No Hope".



Sabemos que Miller se baseou no visual das bandas punks, do nascente Metal e adicionou ombreiras de futebol estadunidense para compor o visual das gangues nos filmes Mad Max. Posteriormente, esse look pós-apocalíptico nuclear passou a inspirar as próprias bandas. Esse e o caso do Metal Punk italiano CHILDREN OF TECHNOLOGY. A banda que mais lança Demos, Slipts e Ep's do que discos completos, se veste de maneira inspirada nos personagens dos filmes, além de ter músicas como "No Fuel, No Hope",  "V8 Nitro Engine", "Rise Of The Nightrider", "Give Gasoline or Give Me Death" e muitas outras que parecem saídas dos filmes.



THE ROAD WARRIOR, 1981.

Como citado anteriormente, o segundo filme é parte da trilogia que mais inspirou as bandas de rock pesado. Essa parte da matéria é, em partes, republicação de artigo que escrevi para o Whiplash em dezembro de 2011, com poucas alterações, atualizações e algumas adições.

06 . PANZER (1982) - "Al Piel del Cañon".



Repare se não é o próprio Lord Humongous, vilão do filme, que estampa a capa do debut do PANZER. Não confundir que as inúmeras outras bandas que também chamam Panzer ou algo conhecido. Esse PANZER é uma das mais clássicas e pioneiras bandas da Espanha, ao lado de OBUS, BARON ROJÓ e outras. Sua formação data de 198, ficando na ativa até 1988 e retornando em 2006 para lançar um DVD ao vivo.

07 . W.A.S.P. (1984) - "Show No Mercy".



Ainda que Blackie Lawless tenha feito alusão ao nome da banda no pré-refrão desta música, a letra falando de cidade e corpos que queimam, desordeiros e foras-da-lei das estradas na Terra Devastada e, principalmente, "soltar os selvagens cães de guerra para atacar", contém claras referências à visão de mundo de Lord Humongous, o lider dos vilões do Mad Max 2. Interessante notar que esse som era o número de abertura dos shows do W.A.S.P. em 1983. A música "Show No Mercy" saiu como lado do B do compacto de A.N.I.M.A.L. (F*ck like a beast) e depois de bônus no relançamento do homônimo disco da banda.

Durante esta época de visual Dark Glam, Lawless ainda se baseou nas pessoas de rosto coberto hasteadas ao carro de Lord Humongous, para criar uma teatralidade nos shows da banda. Tal fato, confesso na autobiografia da banda, "30 Anos de Trovão", é declarado como "achei que alguém iria nos prender por ter copiado Road Warrior, mas isso nunca aconteceu"!



Repare na mulher que o vocalista, e então baixista, revela na câmara de tortura aos 02:21 e compare com as vitimas do vilão na foto abaixo.




08 . CARNIVORE (1985)


O CHILDREN OF TECHNOLOGY não foi o primeiro Metal Punk a buscar inspiração no universo Mad Max. O grupo do finado Peter Stelle, que conheceria fama no TYPE O NEGATIVE, usou e abusou da temática pós-apocalíptica no seu debut, ainda que sem fazer referências aos filmes, e no visual que usava na época. Infelizmente, as letras do disco são cheias de misoginia e outros preconceitos; o que nunca seria aceito pelo autor dos filmes. De todo modo, o CARNIVORE abandonou totalmente esse universo no seu seu segundo, e sofrível disco, que é ainda mais preconceituoso.

09 . ROGUE MALE (1985).



A banda inglesa ROGUE MALE lançou dois discos anos oitenta, "First Visit" e "Animal Man". Nesses álbuns, registrados em 1985 e 1986, a banda utiliza visual que contém nítida inspiração nas gangues que assaltam e matam nos desertos australianos de Road Warrior. O vocalista / guitarrista Jim Little, inclusive, tem aparência semelhante ao vilão Wez, vivido pelo ator Vernon Wells.



10 . ANNATHEMA (1991) "Road Warrior".



Grupo Speed Metal da Sérvia, que foi formado na Yoguslavia. O segundo disco da banda, "Empire Of Noise", além de canção homônima ao segundo filme é introduzido por uma música instrumental tensa chamada "Wasteland", o nome original da terra devastada, os desertos nos filmes de George Miller.

11 . VIOLATOR (2006) - "After Nuclear Devastation"



Como faixa de encerramento de seu segundo, e até então melhor disco, o grupo de Thrash Metal, vindo de Brasília / DF, fez homenagem ao The Road Warrior da seguinte maneira: musicou as falas da introdução do filme em meio a um instrumental intenso e visceral e adicionou solos e refrão. O disco "Chemical Assault" fez o nome do VIOLATOR no mundo todo e o som "After Nueclar Devastation" com certeza é um dos responsáveis pela fama alcançada, aparecendo até no DVD ao vivo do grupo.

12 . SLIPPERY (2006) - "We Seek the Vengeance".



Para encerrar seu primeiro registro fonográfico, o E.P. "Follow Your Dreams", a banda paulista de Campinas, de estilo Hard Metal, buscou uma canção de sua primeira fase (quando Fábio Hulk ainda era o vocalista). O som "We Seek The Vengeance" conta a versão dos seguidores de Humongous, com muitas explosões e corpos em chamas, contra aquele que foi amaldiçoado a pilotar para sempre seu carro numa estrada sem fim... Depois do E.P. a banda gravou seu full-length "First Blow" com produção de Átila Ardanuy, guitarrista do ANJOS DA NOITE, que saiu em 2012.

13 . BIOHAZARD (2006) - "New World Desorder".



"Eu sou Humongous, senhor da terra devastada", diz a faixa-título do disco da banda de Rap/Metal que faz um trocadilho com a "nova ordem mundial, ganhando seu espaço na nossa listagem.

14 . STRIKER (2009) - "Road Warrior".



Seguindo a mesma linha dos seus conterrâneos do SKULL FIST e AXXION, o STRIKER é uma banda canadense atual que preza pelo som mais oitentista possível, só que na trilha do Power Metal. A faixa-título e de abertura de seu primeiro E.P. fala de um herói que luta sozinhho em estradas cobertas de pó, com tiros passando rente a sua cabeça; lembra o personagem de Mel Gibson em um certo filme, ou não? Após esse EP, o STRIKER já lançou dois discos completos "Eyes In The Night" e "Armed to The Teeth".

15 . STEELWING (2010) - "Roadkill (... or be killed)".



Só de se olhar a capa do disco de estréia dos suecos já dá pra sacar que ela foi "inspirada" no Ford Falcon 1976 V8 que a personagem de Mel Gibson dirige nos dois primeiros Mad Max. Ao se ver então que o nome do referido disco é "Lord of the Wastland" (a Terra Devastada é o deserto australiano onde Max enfrenta os malfeitores) e a letra de sua faixa-título trata de um herói "que perdeu tudo que tinha ao rugir de um motor" e agora "enfrenta cães de guerra que vão à guerra por um tanque de combustivél" fica latente o quanto segundo filme de George Miller foi influente para o STEELWING. O grupo formado em 2009, e também adepto do metal oitentista, que é chamado pela banda de "pós-apocalíptico", lançou outro trabalho completo, "Zone Of Alienation", em 2012.

16 . COBRA (2011) - "The Roadrunner".



A banda de Thrash Metal oruinda de Lima, capital do Peru, que canta em inglês, se valeu de um discurso do Lord Humongous como introdução da pancadaria que está em seu debut. Ainda assim, a música fala de alguém fugindo no deserto, mas não cita diretamente o filme. Os sul-americanos tem mais disco completo.

17 . FINAL SCREAM (2011) - "Road Warrior".



Com nome inspirado em música do GRIM REAPER, a banda FINAL SCREAM (da capital de São Paulo) lançou esse ano seu E.P. de estréia com arte e faixa-título em homenagem ao filme Mad Max 2. Só uma curiosidade: a narração no começo da música na verdade foi tirada dos momentos finais do Mad Max 1. O FINAL SCREAM ainda não lançou um trabalho completo.

MAD MAX BEYOND THUNDERDOME, 1985.


18 . ANGRY ANDERSON, vocalista do ROSE TATTOO.

Ao que parece, o fechamento oficial da série foi o filme que recebeu menos homenagens no mundo Heavy Metal. Entretanto, um legítimo rocker atuou no filme, roubando a cena em diversas ocasiões. Trata-se do vilão Iron Bar, que foi vivido pelo cantor da banda de Hard Rock setentista australiana ROSE TATTOO.  Nós sabemos que a Tina Turner é a vilã do filme e ela possui passado rocker, porém nosso interesse é no rock pesado.

19 . ZNOWHITE (1988) - "Thuderdome".



Grupo estadunidense de Thrash / Speed Metal oriundo de Chigago que conta com uma mulher nos vocais. No seu debut e último registro fonográfico, ainda que o EP's anteriores e o disco ao vivo sejam mais populares entre os fãs, encontra-se essa faixa que faz alusão a luta de Max contra Master Blaster na Cúpula do Trovão. Antes de começar a pancadaria, ouve-se a fala do filme de introdução à arena de digladiação com um efeito de estúdio. 


O sucesso de "Road Warrior" gerou alguns filmes que também se inspiraram indubitavelmente no épico das estradas de George Miller para compor sua trama. Um deles é o estadunidense "Crepúsculo de Aço". Outros dois são filmes italianos, também lançados em início da década de 1980, "O Guerreiro da Terra Perdida" e "The New Barbarians".

19 . CLOOVEN HOOF (1988) - "Warrarios Of The Wasteland".



"Warriors Of The Wasteland" é o nome alternativo do longa "The New Barbarians", realizado em 1983 pelo diretor Enzo G. Castellari, o mesmo do famoso faroeste "Keoma". Foi esse título que a banda da N.W.O.B.H.M. se valeu para compor a canção em homenagem ao filme que figura em seu álbum "Dominator", o penúltimo lançado antes do encerramento, e posterior retomada, das atividades.

20 . INEPSY (2007) - "Warriors of the Wasteland".



O grupo canadense INEPSY, em seu terceiro, e último disco, "No Speed Limit for Destruction", também resolveu homenagear o longa italiano se valendo do título alternativo. Essa excelente canção demonstra o lado mais Heavy Metal da banda, que se tornou mais conhecida pelas músicas mais rápidas e pesadas.

Esperamos que todos fugitivos da Terra Devastada tenham escapado com vida dos cães de guerra pós-atômicos que guerreiam pelas estradas do futuro!

O Rock Dissidente agradece aos amigos Allan Cunha, Ksio HellThrasher, Saulo Coven Of Darkness e Flávio Rockatansky Rider pelas indicações.

Site relacionado (em inglês):
http://www.madmaxmovies.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário